4ª Temporada de Exposições 2015

Período: 08 de dezembro a 31 de janeiro de 2016.

Exposições:
Desvios, de Geraldo Melo (RJ)
O horizonte e eu somos um vértice, de AoLeo – Leonardo Motta Campos (RJ)
Retratos, de Laury Junior (MS)
Tech Colors, de Bruno Lins (RJ)

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, realiza em sua unidade, O Marco-Museu de Arte Contemporânea, a 4ª Temporada de Exposições 2015, na próxima terça-feira (08/12/2015), às 19h30. A 4ª Temporada conta com quatro mostras: Tech Colors – colagens de Bruno Lins (Rio de Janeiro); Desvios – fotografias de Geraldo Melo (Rio de Janeiro); Retratos – fotografias de Laury Junior (Campo Grande/MS) e O horizonte e eu somos um vértice – fotografias de Leonardo Motta Campos (Rio de Janeiro).

A mostra, Tech Colors, do artista Bruno Lins, traz ao público recortes e colagens com aproveitamento de materiais descartáveis e embalagens impressas do cotidiano mescladas às paletas de cores reeditadas, resquícios do design editorial. “As composições surgem como uma espécie de ruminação do contato com as novas estruturas do design e com as cores tecnológicas”, segundo Lins.

As fotografias da exposição, Desvios, do fotógrafo Geraldo Melo, captadas em Amsterdam, Estocolmo, Jerusalém, Palestina, Nova Deli, Agra, Havana, Nova Iorque, Paris, Rio de Janeiro e Salvador abordam o tema urbano, refletindo uma interpretação pessoal das emoções cotidianas, como tristeza, solidão, dúvidas e alegrias. Trata-se de uma perspectiva imagética dos sentimentos que são comuns a todos nós, não importando cultura, cor e classe social. Sobre o trabalho de Geraldo Melo, o escritor, poeta e crítico de arte Ferreira Gullar afirma na apresentação da exposição: “Ao ver pela primeira vez as fotografias de Geraldo Melo tive a sensação de estar conhecendo um modo novo de se expressar fotograficamente…Tudo (é), ao mesmo tempo, cotidiano e mágico”. A mostra suscita um diálogo diplomático, uma troca de experiências sem fronteiras. Geraldo Melo fará ainda, na noite de abertura da exposição, o pré-lançamento do seu quarto livro, Fragmentos, em que narra uma história pessoal com imagens e textos de sua autoria. O livro é editado pela Kairos Assessoria de Arte, com abertura do fotógrafo, artista plástico e jornalista Rogério Reis e estará disponível nas livrarias em 2016, após o lançamento simultâneo no Rio de Janeiro e em Nova Iorque.

Retratos, fotografias de Laury Junior, visa investigar as possibilidades artísticas de criação de autorretratos fotográficos a partir do corpo como ambiente inquietante nas (re) configurações identitárias nele envolvido. Nas fotografias de Laury, o corpo assume o papel de objeto artístico fundindo-se a plantas ou animais sem perder a sua referência e se aproximando da pele do artista e de objetos que carregam valores afetivos.

As fotografias da mostra, O Horizonte e eu somos um vértice, do artista Leonardo Motta Campos (AoLeo), visa propiciar o diálogo entre sua prática artística, a realidade formal e questões inerentes ao olhar tais como reconhecer e construir uma paisagem seja ela um lugar, um horizonte ou uma ideia. As fotografias do artista buscam as similitudes entre paisagem herdada e paisagem construída assim como fixar ideais com um gesto.

A quarta temporada estará aberta à visitação de terça a sexta das 7h30 às 17h30. Sábado, domingo e feriado das 14h às 18h.

Para mais informações e agendamento com escolas para a realização de visitas mediadas com as arte educadoras do Programa Educativo, ligar no telefone (67) 3326-7449.

O Museu de Arte Contemporânea fica na Rua Antônio Maria Coelho, nº 6000, no Parque das Nações Indígenas. Visite o nosso site, a nossa página no facebook ou nos envie e-mail: e http://www.facebook.com/marco.museu e marco@fcms.ms.gov.br

convite virtual_4ªTemporada_2015_versão15

Anúncios