Exposição: Admirável Mundo Novo

3ª Temporada de Exposições 2013
14 de agosto à 13 de outubro de 2013
Exposição: Admirável Mundo Novo
Artista: Lula Ricardi

 

Admirável Mundo Novo

Em 1931 o inglês Aldous Huxley de forma ficcional criou sua obra mais importante e conhecida; o livro “Admirável Mundo Novo” narra uma civilização de humanos que eram concebidos iguais e controlados desde sua geração por um regime totalitário. Dividida em castas, essa sociedade era excessivamente ordenada e mentalmente condicionada em prol de uma aparente harmonia coletiva.
Na obra o autor mostra uma fábula futurista e desumanizada cada vez mais parecida com os dias atuais. Vivemos tempos difíceis em um mundo cada vez menos preocupado com o equilíbrio e o pensamento humanista, que estabelece o consumo e a massificação como condição de existência e salvação, buscando a padronização e a ordenação da sociedade através de grupos sociais, econômicos ou ideológicos.
Em meio a um pensamento escalonado de tudo ao entorno, padrões e corpos são produzidos como números e atirados ao “super-mercado”, uma paródia viva das previsões anunciadas, no trajeto, a pseudo-máquina de confeccionar pessoas, sensos éticos e bens se retroalimenta e cada vez mais empurra o mundo com aparatos quase sempre tortuosos e opressores.
Nessa reprodução infinita, as contradições ao emparelhamento surgem nos conflitos, nos dilemas pessoais e no próprio sentido existencial quando a morte nos leva rumo ao desconhecido. Aqui a homogeneidade se concretiza; todos morremos e viramos matéria decomposta.
A exposição busca abstrair essa massificação e o resultado dessa lógica estabelecida, ao mesmo tempo que somos os vetores ativos do processo, somos também proporcionalmente a matéria atingida e sufocada, recebendo essa diluição de nós mesmos. Referenciado pelo autor e sua obra escrita no século passado, tenta se criar uma ponte abstrata entre a ficção futurista e a realidade.

Lula Ricardi

Anúncios